Inter­na­cional­iza­ção do INEST

Tamanho da letra:

O INEST tem esta­b­ele­cido pontes de coop­er­ação com diver­sas insti­tu­ições estrangeiras.

Isso tem ocor­rido tanto no plano docente como no plano discente.

No plano docente, ressalta-​se a coop­er­ação com a Uni­ver­si­dade de Upp­sala, Sué­cia. O Pro­fes­sor Emérito Evert Vedung já veio ao Brasil na qual­i­dade de vis­i­tante, patroci­nado pela UFF e pela FAPERJ, para lecionar curso de exten­são de Avali­ação de Políti­cas Públi­cas na área de Estu­dos Estratégi­cos. Em con­tra­partida, o pro­fes­sor Luiz Pedone, do INEST, em dois anos con­sec­u­tivos, 2013 e 2014, finan­ciado pela CAPES e pela UFF, via­jou como pesquisador vis­i­tante para aquela referida universidade.

O Pro­fes­sor Doutor Zhou Zhi­wei, da Acad­e­mia de Ciên­cias Soci­ais de Pequim, veio para o INEST com bolsa da Fun­dação Ford para pós-​doutorado, nos anos de 2011 e 2012. Na opor­tu­nidade, ele ofer­e­ceu o mini-​curso de exten­são sobre os grandes desafios da China.

O Pro­fes­sor Doutor Ger­mán Flávio Soprano, pesquisador da Uni­ver­si­dade de Quilmes e do CONyCET, pas­sou uma sem­ana pro­ferindo palestra sobre Defesa e Segu­rança Inter­na­cional, tendo em vista o caso argentino.

No momento, o INEST está esta­b­ele­cendo pro­je­tos de inter­câm­bios com acadêmi­cos de insti­tu­ições uni­ver­sitárias da Argentina, Dina­marca, Espanha, Esta­dos Unidos, França, Por­tu­gal e Suécia.

No plano dis­cente, o curso de Pós-​Graduação em Estu­dos Estratégi­cos (PGGEST), tem rece­bido alunos da França, Romê­nia e Moçam­bique – este último através de acordo de coop­er­ação internacional.

Editor-​Chefe: Prof. Eurico de Lima Figueiredo — Editor-​Executivo: Prof. Eduardo Heleno
Copy­right © 20122016 Por­tal do INEST. Todos os dire­itos reser­va­dos. Site elab­o­rado pela equipe WebPortais/​NTI e INEST