Nota de pesar

Tamanho da letra:

É com pesar e tris­teza que o Insti­tuto de Estu­dos Estratégi­cos da UFF comu­nica o falec­i­mento do Pro­fes­sor Doutor José Car­los Albano do Amarante.

Mil­i­tar de car­reira, o Prof. Ama­rante alcançou o posto de gen­eral de divisão, destacando-​se sem­pre nas esco­las cas­trenses. Como acadêmico, teve for­mação uni­ver­sitária no Insti­tuto Mil­i­tar de Engen­haria, na área de Engen­haria Química (1971). Em 1974, con­cluiu seu mestrado em Engen­haria Química na COPPE-​UFRJ. Entre 1975 e 1976, atuou como pro­fes­sor colab­o­rador da UFF, na área de Cinética Química. Em 1978, con­cluiu novo mestrado, em Engen­haria Mecânica, pela Stan­ford Uni­ver­sity. No ano seguinte, rece­beu o título de doutor em Aeronáu­tica e Astronáu­tica pela mesma universidade.

Dos vários car­gos que exerceu, cabe lem­brar que, entre 1997 e 2001, foi reitor do Insti­tuto Mil­i­tar de Engen­haria. Nos dois anos seguintes, foi asses­sor do min­istro da Defesa. Entre 2003 e 2005, pre­sidiu a Indus­tria de Mate­r­ial Bélico do Brasil, a IMBEL.

Em 2007, nos ter­mos do edi­tal Pró-​Defesa, o Prof. Ama­rante pas­sou a fazer parte do Núcleo de Estu­dos Estratégi­cos da UFF. Em 2008 se tornou pro­fes­sor colab­o­rador do Pro­grama de Pós Grad­u­ação em Estu­dos Estratégi­cos (PPGEST). Nos últi­mos anos, além de atuar como colab­o­rador no PPGEST, vinha real­izando estu­dos na área de desen­volvi­mento nacional para o Insti­tuto de Pesquisa Econômica Apli­cada (IPEA).

Ao longo da bem suce­dida vida mil­i­tar e acadêmica, o prof. Ama­rante rece­beu mais de vinte con­dec­o­rações, hon­rarias e dis­tinções. Sua con­tribuição à ciên­cia foi recon­hecida no Brasil e no exte­rior. Em 2002, foi sele­cionado para fazer parte da lista de „Out­stand­ing Intel­lec­tu­als of the 21st Cen­tury” pelo „Inter­na­tional Bio­graph­i­cal Cen­ter” (Cam­bridge, Reino Unido) e tam­bém como „Great Mind of the 21st Cen­tury pelo „Amer­i­can Bio­graph­i­cal Insti­tute” (Esta­dos Unidos). Em 2012, foi agra­ci­ado com o título de pro­fes­sor Emérito da Escola de Comando e Estado Maior do Exército (Eceme).

A direção do INEST, em honra de sua memória, dec­reta luto de três dias.

Editor-​Chefe: Prof. Eurico de Lima Figueiredo — Editor-​Executivo: Prof. Eduardo Heleno
Copy­right © 20122016 Por­tal do INEST. Todos os dire­itos reser­va­dos. Site elab­o­rado pela equipe WebPortais/​NTI e INEST